Planos/Seguro-Saúde

Justiça determina que seguradora cubra cirurgia bariátrica

O juiz da 25ª Vara Cível de Brasília determinou ao plano de saúde Sulamérica o custeio de kit bariátrico e de cirurgia bariátrica à segurada portadora de obesidade mórbida que teve seu pedido negado.   De acordo com a segurada, apesar de ser beneficiária de plano de assistência à saúde e ter realizado o pagamento … Continuar lendo

Planos/Seguro-Saúde

Plano de saúde: quando o paciente tem direito a reembolso

Muitos beneficiários acreditam que é possível receber reembolso quando se consulta com um médico não credenciado a um plano de saúde, outros já alegam que as operadoras não oferecem a devolução do dinheiro gasto na consulta. A Proteste – Associação de Consumidores lembra que tudo depende do tipo de plano de saúde contratado, mas que … Continuar lendo

Planos/Seguro-Saúde

Plano de saúde deve cobrir realização de exame PET/CT

O paciente J.A.F foi diagnosticado com um quadro de neoplasia gástrica. Ao longo do tratamento quimioterápico a que foi submetido, seu médico assistente solicitou a realização periódica de exame conhecido como PET/CT. O PET/CT propicia diagnósticos e a identificação do estágio do câncer de forma mais segura. Ele também define melhor alterações após a terapêutica … Continuar lendo

Planos/Seguro-Saúde

Recusa de cobertura de exame a paciente gera dano moral

O beneficiário de plano de saúde que tem negada a realização de exame pela operadora tem direito à indenização por dano moral. De acordo com a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o plano de saúde que se nega a autorizar tratamento a que esteja legal ou contratualmente obrigado agrava a situação de aflição … Continuar lendo

Diversos

Suicídio não premeditado deve ter seguro coberto como morte acidental

O suicídio, reconhecido pela seguradora como não premeditado, é coberto como morte acidental e não natural. A decisão é da Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que rejeitou entendimento da seguradora, que julgava dever indenização por morte natural. O valor da indenização por morte natural era metade do valor a ser pago em … Continuar lendo

Diversos

Justiça determina que seguradora pague R$12 mil à viúva de segurado

A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve a sentença que condenou o Bradesco Vida e Previdência S/A ao pagamento de R$ 12.001,28 à viúva M.Z.P.A., beneficiária de seguro. A decisão teve como relator o desembargador Francisco Barbosa Filho.   Consta nos autos que o esposo de M.Z.P.A. contratou, em 2003, … Continuar lendo